Acessibilidade: A+ / A-

Projetos Sociais

Atualmente a UNICEP se destaca nacionalmente pelos serviços desenvolvidos em benefício das pessoas cegas.

Na educação especial são prestados atendimentos de:

  • Atividade da Vida Diária;
  • Alfabetização Braile;
  • Educação Infantil;
  • Reforço Escolar;
  • Orientação e Mobilidade;
  • Educação Física;
  • Esporte de auto-rendimento (Atletismo, Goalball, Futsal, Judô e Natação);
  • Soroban;
  • Informática; e
  • Profissionalização.

Na reabilitação profissional são desenvolvidos cursos profissionalizantes conforme ofertas de mercado e o potencial das pessoas cegas. Para essas ações foram criadas três oficinas pedagógicas monitoradas por instrutores e profissionais especializados em atendimento especial.

Foto: Atletas da Unicep

Na área de Assistência Social ações de integração familiar e comunitária, resgate, promoção e inclusão social são desenvolvidas por assistente social, psicólogo e pedagoga. São atendidos por estes serviços, diariamente na sede da UNICEP, 256 pessoas cegas de todas as idades e um número ainda maior são beneficiadas em cidades do interior, com ações desenvolvidas entre a UNICEP, associações e prefeituras municipais.

Por estes trabalhos desenvolvidos gratuitamente em benefício das pessoas cegas a UNICEP em 2005 ganhou um Prêmio do Itaú/UNICEF:

Projeto Premiado
Atendimento ao Desenvolvimento da Educação de Pessoas com Deficiência Visual.Prêmio Itaú Unicef

Mantido pela União de Cegos D. Pedro II (Unicep), esse projeto foi criado em 2003, com o objetivo de dar apoio educacional à escola regular. Além de aulas de reforço, as 103 crianças e adolescentes (de 7 a 18 anos) atendidos pelo projeto têm iniciação ao esporte, à dança e à informática, em oficinas oferecidas pela instituição ou por parceiros conveniados. Visitas a teatros, museus e parques também estão no currículo de atividades, assim como atendimento psicológico. O ponto forte do projeto é o resgate da auto-estima das pessoas com deficiência visual, tendo como objetivo sua emancipação e integração social e profissional. Localizada em Vila Velha, a ONG atende pessoas da Grande Vitória e de alguns municípios do interior do Espírito Santo.