Acessibilidade: A+ / A-

Notícias

Sandro Laina visita local onde são fabricadas as bolas de futebol de 5

28/01/2013 - Por Tadeu Casqueira - CBDV

Rio de Janeiro

No último dia 10, o presidente da CBDV, Sandro Laina Soares, e a coordenadora financeira da entidade, Rosiane Figueiredo, visitaram o Departamento de Execução Penal (DEPEN) e a Divisão Ocupacional e de Produção (DIPRO), em Curitiba, e as instalações do Projeto Pintando a Liberdade – local onde são fabricadas as bolas com guizos de futebol de 5 –, em São José dos Pinhais, no Paraná.

O Projeto Pintando a Liberdade é um programa que promove a ressocialização de presidiários do Sistema Penitenciário, por meio da fabricação de materiais esportivos. Além da profissionalização, os detentos reduzem um dia da pena para cada três dias trabalhados e recebem salário de acordo com a produção. O DEPEN e o DIPRO, através do Governo do Estado do Paraná, administram o programa, que promove a reinserção social dos presos.

Além de conhecer o lugar de onde saem as bolas com guizos que rolam nos campeonatos do Brasil e do mundo, a visita teve também como objetivo celebrar um termo de cooperação entre a CBDV e o Governo do Paraná, a partir deste ano, para a confecção de mais 1.100 bolas.

Ex-atleta de futebol de 5 e grande conhecedor da bola com guizo, o presidente Sandro Laina, comemorou mais essa parceria e exaltou a qualidade das bolas que, inclusive, foram utilizadas na última edição dos Jogos Paralímpicos, em Londres.

- As bolas brasileiras são enviadas para todo o mundo. Além disso, são as únicas oficialmente reconhecidas pela IBSA. A retomada da fabricação das bolas no sistema prisional do Paraná é o retorno para o seu berço, já que a fabricação das bolas para distribuição iniciou-se ali. As primeiras bolas fabricadas, usadas em Londres e nos eventos nacionais do ano passado, se apresentaram de excelente qualidade, com peso mais próximo do ideal, maior resistência e com um som ainda melhor. Estamos trabalhando juntos para melhorar ainda mais esta bola, inserindo tecnologia em seu desenvolvimento – disse Sandro.

O Projeto Pintando a Liberdade, já há alguns anos produz as bolas com guizos em parceria com o Ministério do Esporte.

» Ver outras notícias   |   » Imprimir